sábado, 28 de maio de 2016

Mais uma baixa para o Reggae: Morre Sang Hugh


Morreu nessa terça-feira, 24, o cantor e compositor jamaicano Keith Morgan, conhecido pelo nome artístico Sang Hugh. Keith nasceu na vila de Waterworks, Westmoreland (Jamaica), porém mudou-se para a cidade de Negril onde vivia como pescador, profissão que herdara de seu pai.

No início da década de 70, Keith trabalhou com produtores Hugh Madden, Niney The Observer e Lloyd F. Campbell. O seu primeiro sucesso foi “Rasta No Born Yah”, feita juntamente com o grupo Soul Sindicate, bastante conhecida em São Luís. Na época a canção disputava as paradas de sucesso da Jamaica com Silver Words, de Ken Boothe.

Os temas de suas canções buscavam retratar o sofrimento do negro na África e a filosofia rastafári, o que ele defendia fervorosamente. Cantou com Max Romeo, com os grupos Soul Sindicate, The Lionaries e The Barbe-B-Cares, com que gravou “Where Have All The White Rum Gone”.

Há pouco tempo, o colecionador cearense Rubens Oliveira (Rubens Star) excursionava pela Jamaica e encontrou o cantor na cidade de Negril. Na oportunidade, o convidou para gravar algumas canções inéditas. Infelizmente, isso não foi possível devido ao não comparecimento do artista ao estúdio de gravação, em decorrência do excessivo uso de álcool. Porém, foram feitos alguns registros do cantor em vídeo e áudio, inclusive o Reggae Point ganhou uma capela de “No Portion Gal” com direito a mensagem do artista.

Sobre a causa da morte de Sang Hugh ainda é desconhecida, mas o músico Tony Chin (amigo do cantor) comentou com brasileiros que poderia ter sido motivada por um câncer mal diagnosticado.

A foto acima marca o encontro de Rubens Star e Sang Hugh na Jamaica, onde o colecionador teve o privilégio de conversar com o artista.

Reggae pointe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

REGGAE UMA PAIXÃO SEM TAMANHO,
SOU UM REGUEIRO DE VERDADE.