sábado, 2 de julho de 2016

JAMAICA, UM PAÍS DUAS LENDAS

Jamaica. Esse país pequenino cercado por todos os lados de um azul caribenho estonteante tem a marca de dois gigantes: Bob Marley, a maior expressão do reggae de todos os tempos e Usain Bolt, uma lenda viva que lança seus raios por todas as pistas de atletismo por onde passa.

Robert Marley. Cantor, compositor e guitarrista - nascido no dia 6 de fevereiro de 1945, teria hoje 68 anos, não fosse um terrível câncer de pele que o levou aos 36 anos. Viveu poucos anos, mas intensamente. Espalhou o balanço do reggae pelos quatro cantos do mundo e deixou uma legião de fãs rastafaris, além de 12 filhos. Era um grande defensor da maconha como fonte de comunhão, embora nem todos seus seguidores fossem adeptos ao uso.

 Rastafaris comemorando o data do aniversário de Bob Marley, em Kingston.
     Sua música falava sobre paz, questões sociais e política. E, foi exatamente por causa da política que sofreu um atentado em 1976. Sua casa foi alvejada por tiros. Ele, sua mulher e seu empresário foram atingidos e se recuperaram. As marcas ainda estão nas paredes da casa que hoje é um museu. Nessa época, ele foi morar na Inglaterra onde ganhou fama internacional.
 Os fãs do Rei do Reggae têm um estilo de vida todo especial.
Depois de sua morte, Bob Marley e sua música ganharam força e até um certo status mítico. Ele foi considerado o primeiro pop star do Terceiro Mundo e eleito pela revista Rolling Stones como o décimo primeiro músico mais influente do mundo.

Já Usain Bolt, aos 26 anos, dono de um temperamento despojado e extrovertido, é considerado o maior velocista de todos os tempos. É o único atleta bicampeão Olímpico da história com recordes nos 100, 200 metros rasos e revesamento 4 x 100. Um verdadeiro herói nacional.
 A brincadeira das crianças jamaicanas inclui sempre o atletismo. 
A criançada tenta a sorte grande treinando em escolas simples ou onde quer que tenha um gramado pela frente. Nem sempre as condições são as melhores. Geralmente correm descalços ou de meias. O país não tem boas pistas para treinamento. Mesmo assim, os jamaicanos vêm ganhando fama mundial na modalidade e muitas medalhas. Buscam inspiração no ídolo, apelidado de "Relâmpago". Usain Bolt costuma dizer: "Sempre há limites. Eu não conheço os meus". Outra pessoa dizendo isso soaria prepotente, mas ele pode. Afinal, é o homem mais veloz do mundo e seu modo brincalhão de ser nunca atrapalha sua concentração nas pistasLeia mais 
.

Por Viajar P eloMundo


Nenhum comentário:

Postar um comentário

REGGAE UMA PAIXÃO SEM TAMANHO,
SOU UM REGUEIRO DE VERDADE.