sábado, 20 de dezembro de 2014

Morre na Jamaica a cantora Barbara Jones, que esteve recentemente no Brasil


Às vésperas do término, o ano de 2014 já pode ser considerado marcante para o mundo do reggae. Ontem, dia 19 de dezembro, perdemos a cantora jamaicana Barbara Jones, que esteve recentemente no Brasil em turnê ao lado do amigo Lloyd Parks. A notícia da morte se espalhou pelas redes sociais nesta manhã e deixou muita gente surpresa. Apesar dos questionamentos da veracidade da informação, na página da cantora nas redes sociais algumas mensagens de “Rest in Peace” confirmavam o falecimento. Segundo informações de Randy Rouben, produtor dela no Brasil, o que causou a morte da artista foi leucemia.
Barbara Jones surgiu no cenário musical na década de 70. Sua voz marcante e no estilo lovers rock é conhecida em São Luís, principalmente, pelos sucessos “Midnight Blue”, “Slim Boy”, “Why Bird Fly”, “Doggie In The Window”, entre outros. A passagem da artista por São Luís foi específica para gravações, mas ela esteve no programa Reggae Point e deu uma entrevista exclusiva para o público maranhense, contando um pouco da sua história musical. O produtor ressaltou o empenho em trazer a cantora de volta ao palcos e cantar músicas que esporadicamente tocaram na Jamaica. Segundo ele uma tarefa difícil já que ela havia se convertido e seguia uma outra linha musical e ideológica.
A morte de Barbara Jones integra o rol de vozes jamaicanas que nos deixaram nesse singular 2014, cantores que fizeram a história do ritmo e que se eternizaram nas canções que deixaram: Hopeton Lewis, Jackie Bernard, Tito Simon e John Holt.
PORDJ Waldiney do http://www.blogsoestado.com/reggaepoint

Nenhum comentário:

Postar um comentário

REGGAE UMA PAIXÃO SEM TAMANHO,
SOU UM REGUEIRO DE VERDADE.